• +55 (18) 3117-1195
  • +55 (18) 98136-0281
  • zanardo@zanardo.com.br
  • Segunda à sexta, das 7h30 às 11h30 e das 13h00 às 17h48
Data: 22/09/2021
Por tycoon101, de envato elements Por tycoon101, de envato elements

Os contratos futuros do açúcar e do café arábica na ICE fecharam em alta nesta quarta-feira, com a queda do dólar e a recuperação dos mercados de ações, em meio a um alívio de preocupações relacionadas à gigante imobiliária chinesa Evergrande.

O café robusta atingiu uma nova máxima em quatro anos, uma vez que os estoques continuam escassos, antes de fechar em queda.

CAFÉ

O café robusta para novembro fechou em queda de 18 dólares, ou 0,8%, em 2.142 dólares a tonelada, tendo atingido uma nova máxima em quatro anos de 2.180 dólares no início da sessão.

Os operadores observaram que a curva do mercado dos futuros de robusta está invertida durante todo o período de novembro a julho de 2022, indicando forte demanda próxima e/ou oferta limitada nas proximidades.

 Os torrefadores estão encontrando dificuldade para substituir o caro arábica pelo robusta mais barato em suas misturas. Além disso, houve interrupções nos fluxos de fornecimento do principal produtor de robusta, Vietnã.

O café arábica para dezembro avançou 1,5 centavo de dólar, ou 0,8%, em 1,8485 dólar por libra-peso.

AÇÚCAR

O açúcar bruto para outubro fechou em alta de 0,36 centavo de dólar, ou 1,9%, em 19,33 centavos de dólar por libra-peso.

 Os operadores disseram que o açúcar provavelmente continuará a se consolidar no curto prazo, mas apontaram para um viés baixista na forma de fraca demanda próxima e melhores perspectivas para a próxima safra de cana-de-açúcar na Índia e na Tailândia.

 Porém a produção brasileira continua sustentando o mercado.

O grupo da indústria de açúcar Unica deve divulgar os números da produção da região centro-sul nesta semana, com as estimativas iniciais do mercado indicando uma queda de 15% na moagem de cana na primeira quinzena de setembro.

O açúcar branco para dezembro avançou 7,00 dólares, ou 1,4%, em 508,20 dólares a tonelada.

  • Telefone:
    +55 (18) 3117-1195

  • Rua dos Buritis, 201 - Parque Industrial II Araçatuba - CEP 16012-170 / São Paulo