• +55 (18) 3117-1195
  • +55 (18) 98136-0281
  • zanardo@zanardo.com.br
  • Segunda à sexta, das 7h30 às 11h30 e das 13h00 às 17h48
Data: 17/11/2021
Por FabrikaPhoto Por FabrikaPhoto

O preço do bitcoin (BTC) teve uma queda de quase 10% nas últimas 24 horas, chegando abaixo dos US$ 60 mil antes de apresentar uma leve recuperação.

A queda parece ter sido motivada pela lei de infraestrutura assinada ontem (15) pelo presidente americano Joe Biden, disse Darius Sit, cofundador da negociadora cripto QCP Capital, ao The Block.

A lei inclui a declaração de impostos sobre ganhos, que exige que corretoras cripto forneçam informações tanto para o Serviço Interno de Receita (IRS, na sigla em inglês) quanto para seus clientes, sobre lucros obtidos.

O cofundador da QCP Capital disse que o mercado está usando a notícia sobre a lei de infraestrutura “como uma desculpa para lucrar após as novas máximas históricas dos ativos”. A ação já era esperada, acrescentou Sit, porque “os níveis de alavancagem também estavam bem altos.”

Neste momento, o bitcoin está sendo negociado a US$ 60,6 mil, de acordo com o TradingView. Ontem, a criptomoeda chegou na casa dos US$ 66 mil.

O preço do ether (ETH), a segunda maior criptomoeda em capitalização de mercado, também apresentou uma queda de 7% em 24 horas e, atualmente, está em US$ 4,2 mil.

De modo geral, a capitalização de mercado de todo o mercado cripto caiu cerca de 10% nas últimas 24 horas, para cerca de US$ 2,72 trilhões, segundo a CoinGecko.

O cenário macro também aparenta estar “um pouco abalado”, devido aos altos níveis de inflação, segundo Sit. A inflação americana atingiu 6,2% no mês passado, o maior valor dos últimos trinta anos.

fonte: Moneytimes

  • Telefone:
    +55 (18) 3117-1195

  • Rua dos Buritis, 201 - Parque Industrial II Araçatuba - CEP 16012-170 / São Paulo