• +55 (18) 3117-1195
  • +55 (18) 98136-0281
  • zanardo@zanardo.com.br
  • Segunda à sexta, das 7h30 às 11h30 e das 13h00 às 17h48
Data: 29/10/2021
de envatoelements de envatoelements

O IBGE lança hoje as Tabelas de Recursos e Usos por Unidades da Federação: Matrizes da conta de produção 2018. É a primeira vez que o Instituto divulga essas informações com detalhamento por unidade da federação e por isso enquadra-se na categoria de estatísticas experimentais. Em nível nacional, as matrizes já são publicadas desde a década de 1990.

“O grande cerne da questão é que estamos avançando na metodologia de transformar registros fiscais em estatísticas”, destaca Alessandra Poça, gerente de contas regionais. Além das fontes de dados usualmente compiladas, o Instituto utilizou também informações de documentos fiscais, recebidos por meio de um acordo de cooperação técnica com a Secretaria Especial da Receita Federal. Um dos objetivos do acordo é utilizar dados fiscais para fornecer informações regionalizadas sobre a atividade econômica, preservando-se o sigilo dos contribuintes.

Consultadas principalmente por usuários especializados e governos, as Tabelas de Recursos e Usos (TRUs) mostram as relações entre oferta e demanda, com o detalhamento dos fluxos por atividades e produtos, e a geração de valor adicionado em cada atividade econômica.

“Por exemplo, as tabelas mostram, para cada estado, qual é a estrutura da Indústria, qual setor pesa mais, o quanto cada atividade produz e o quanto consome para produzir. É o que chamamos de conta de produção”, explica Cristiano Martins, gerente de bens e serviços.

Desenvolvidas em forma de estatísticas experimentais, as matrizes da conta de produção trazem a matriz de produção e a matriz de consumo intermediário. “Esta é a primeira etapa desse projeto. Ano que vem, publicaremos o segundo conjunto de tabelas, referentes ao restante da oferta (importações) e da demanda (consumo final, investimento, variação de estoques e exportações), completando as Tabelas de Recursos e Usos por unidades da federação”, esclarece Alessandra.

Ela ressalta, ainda, que o ano de referência das informações é 2018, e que, por estarem no âmbito das estatísticas experimentais, não estão previstas divulgações relativas a outros períodos.

Fonte: Agenciadenoticias.ibje.gov.br

  • Telefone:
    +55 (18) 3117-1195

  • Rua dos Buritis, 201 - Parque Industrial II Araçatuba - CEP 16012-170 / São Paulo